Entrevista à Atlanta 366: “Somos o melhor grupo do Lubango”

Entrevista à Atlanta 366: “Somos o melhor grupo do Lubango”

Apresentamos à Angola a “Atlanta366” um dos grupos que tem se destacado bastante na nova era de artistas. Também conhecidos apenas por “366” é um conjunto de 9 amigos que juntaram-se por um objetivo comum: “alcançar o pódio e trazer nova sonoridade ao mundo”.

Os já estão no mercado desde 2017, e a cada dia o foco só aumenta. Tivemos uma entrevista com os rappers e foram abordados temas relevantes à vida do gang na nova geração, beefs com.grupos, revelaram coisas inéditas e não deixamos de debater temas como: “a situação actual da nova geração” por isso não deixe de acompanhar.

Actualmente composto por 9 artistas super talentosos, tal como foi dito acima, que têm mexido bastante com os seus ouvintes, mais a baixo poderá conhecer todos membros do gang.

• Landi Maluth
• Mendes AT
• Ladz AT

• Mr. Dark
• Young TJ
• New Rap

• Délcio DH
• Pegazus
• Gabrielson GS

Residentes nas províncias de Luanda e Huíla mesmo antes de serem um grupo os integrantes já tinham dado passos na música individualmente. Têm como foco levar a arte para o lado mais profissional possível e futuramente ver frutos.

Com 15 músicas no mercado, 7 dessas são single’s soltos e um EP de 6 faixas musicais, mas o gang ainda está com muita sede de lançar. Na entrevista dada ao nosso portal confirmaram também que já não fazem música como um passatempo, visualize a baixo:

“Se bem que começamos no Lubango, mas hoje temos fãs em diferentes partes do país, estamos a crescer, estamos a ficar adultos e ter barbas, daqui a pouco vamos ter responsabilidades maiores, e claramente já não estamos a fazer Rap por hobbie, chega uma altura em que temos mesmo que investir para ver os frutos do nosso trabalho, então já deixamos de ver com um hobbie e estamos a levar a sério”!
— Atlanta 366

Têm como referências musicais grandes artistas como 2PAC, C4 Pedro, NGA, Bob Marley, Tio Edson e muitas outras.

Perguntas e Respostas!

Ao vosso ver, qual é a situação actual do hip-hop new angolano?

Nós 366 não somos muito de consumir Rap da Nova Escola. Mas é como tudo e em todos os lugares, tem manos que estão a fazer muito bem a sua arte, inovam, criam tendências, boas músicas entre outros aspectos. E tem outros manos que devem melhorar alguns aspectos e isso só é possivel trabalhando.
Mas com tudo a nova escola Angolana tem muitos rappers talentosos que com trabalho, dedicação e o foco certo podem vir a explodir futuramente no mercado nacional.
— Landi Maluth

Enquanto artistas acreditamos que cada um tem a sua vibe, como é que vocês unem isso nos sons?

O objectivo da Atlanta366 é mesmo esse, juntar um GS que é do TRAP, um DH que é do RAP mais Bruto, um Mendes que é bwé liricista, ou seja, juntar as personalidade, ou a veia artística de cada um de nós e tornar a atlanta na Atlanta.
— Mendes AT

Será que alguns têm que deixar por vezes algum material de fora, ou não existe esse problema?

Nós temos esse problema porque às vezes, um ou outro não se encaixa em determinadas vibes e tipo não chega a fazer aquela música ou não chega a adicionar o que nós queríamos na música, mas temos feito mesmo assim, às vezes se encaixam às vezes não, e tentamos melhorar até ficar perfeito!
— Mendes AT

Quem esperam que consuma as vossas músicas?

Em cada lançamento, o nosso foco é atingir todo país, mas claro, como todo o artista, nós temos a nossa base de fãs segura.
— Mendes AT

Têm uma base de fãs já estabelecida?

Temos aqueles fãs que estão desde o início, aqueles que consomem tudo e mais alguma coisa, então, focamos sempre onde está a nossa base, mas também focamos sempre naquelas praças onde a música pode ser recebida por toda Angola. Quanto mais longe a música chegar melhor.
— Mendes AT

Já aconteceu de vocês, olharem para atrás, e depararem-se com alguma música vossa e pensarem, isso não está bom, poderíamos ter feito melhor ou simplesmente não gostarem daquela música?

A primeira música do grupo esteve disponível um ano após a criação do gang, ou seja em maio de 2018, hoje ouvimos aquela música e noto uma certa evolução, não só no timbre vocal como na composição e na maneira de cantar, hoje em dia noto que estamos mais maduros, temos mais sintonia, etc. Mas individualmente não tem nenhuma música que olhe e pense ya, não gosto daquela música, na verdade tem até uma, não que eu não goste, só tem uma vibe que não gosto muito de ouvir.
— Landi Maluth

Como grupo, música do grupo, acredito que desde que a Atlanta começou, foram todas muito bem executadas e o que acontece não é olhar para a música antes e dizer que a música não está boa, o que acontece é olhar para o passado e dizer que crescemos muito mais, dizer que estamos mais maduros na escrita, a música está muito melhor equalizada, actualmente, estamos melhores em termos vocais, só olhar para atrás e notar a evolução. Porque dizer que a música não está boa, eu acho que nós nunca dissemos que temos uma música lançada que foi mal executada, como Atlanta e até porque as nossas músicas, as primeiras músicas, até agora são ouvidas, e as estatísticas no SoundCloud não deixam de mostrar isso.
— Gabrielson GS

Nas nossas redes sociais um dos seus fãs (GS) pediu-nos para questiona-lo em quem se inspira, não só na música, mas no mundo artístico geral.

Falando por mim Gabrielson GS, em Angola C4 Pedro é a minha inspiração, ele é quem me inspira em todos os sentidos, conquistas, musicalmente e na área da produção.
— Gabrielson GS

BEEFS?

O game está competitivo, e cada dia que passa há desentendimentos e puchs em tracks, por esse motivo juntamos alguns artistas/grupos que as streets dizem terem beefs com a Atlanta e questionamo-los mais a baixo. Não deixe de acompanhar.

Rubrica 5

Fizemos um jogo, na qual citamos 5 artistas/grupos e tiveram de dar uma nota (⭐) 0 ou 5, junto com o motivo da nota.

Quantas estrelas dão aos Banguers e Porquê?

Não conheço.
— Mendes AT

Mendes AT, artista dos Atlanta366, não conhece os Bangers, um dos grupos da sua cidade, certo?

Quando eu disse, eu não conheço, não quis me referir ao nome, conheço o nome, é impossível não ver o nome porque os putos são da banda, já vi os nomes, e se calhar já tivemos em atuação juntos, mas não conheço em termos musicais, não posso atribuir valores a alguém que eu nunca ouvi, prefiro não dar nada sem ouvir.
— Mendes AT

Eu dou 0 estrelas
Porque hoje em dia o mercado da música é muito exigente e muito mais além do que ir ao Estúdio e gravar. Conheço uns 2 membros do grupo e já ouvi uma música deles. Acho que os manos precisam de trabalhar mais, apostar numa melhor qualidade das suas músicas e também em como promover melhor o seu trabalho.
Se podesse dar além de 0 e 5 dava 2 estrelas.
— Landi Maluth

Quantas estrelas dão a RFG e Porquê?

0 estrelas
É um grupo que tem já alguns anos de estrada e deviam focar mais no trabalho deles. Fazer mais músicas para eles e os seus ouvintes e menos musicas com sentimentos negativos (Beef). Arranjar outros meios de ganhar audiência. Eu digo isso porque numa época em que nós marcavamos os primeiros passos da nossa carreira, a RFG do nada procurou intriga connosco, sem justificação nenhuma, nós não tínhamos nada contra eles e de repente, eles começaram a nos citar em músicas, e eu não vejo outro motivo para isso a não ser procurar audiência.
— Landi Maluth

Considera eles podres?

Dispensáveis.
—Landi Maluth

Como o grupo a RFG não dão mesmo nada. Acho que dá para aproveitar um ou dois membros, não sei bem, mas como grupo a nota é 0.
— Mendes AT

Quantas estrelas dão ao Wilili Mr. Babacita e porquê?

0 estrelas
Se ouvi algumas músicas, não prestei muita atenção, mas posso falar mais sobre o que ele aparenta? Não tem como dar estrelas musicalmente porque do que ouvi não me convenceu muito, não me identifico, nem é o tipo de música que eu gosto de ouvir, porque a deck vai muito como ele se apresenta, ele parece ser um gajo bwé gangsta, e parece ser um gajo com um lifestyle bem duro, então acho que pelo lifestyle, pela aparência dele, posso dar umas 3 estrelas, mas pela música népias, nota 0.
— Mendes AT

Eu dou – 1, eu dou menos um, vou explicar o por quê? Porque o Wilili é um rapper do Cartoon Network, para mim é um rapper do cartoon network. Ele é muito engraçado, mano. Ya tipo, eu daria zero, mas dou menos um, por conta daquela cena que ele fez com as Patrulha Pata mano, ele não pode ser chamado de rapper a fazer aquilo, MENOS UM.
— Gabrielson GS

Sobre o Mister Babacita, ele dá algumas bandeiras, dá algumas bandeiras e isso é notório, mas eu também não acompanho muito a carreira dele nunca ouvi muitas músicas dele mas eu dou cinco estrelas, por causa das músicas dele que eu já ouvi, que é o entrou na vibe, que é uma música que fez sucesso por acaso e é uma música que eu até gosto e uma participação que ela fez numa música do Delcio Dollar ou algo assim, acho que o título é Vai dar mal. Dou cinco estrelas pelo que já ouvi dele e, ya é essa a minha opinião.
— Landi Maluth

Wilili é um artista com um potencial fixe porém vejo que é um artista muito desleixado e que com a label que tem devia trabalhar melhor e aproveitar bem o que tem , mas ya, devido ao potencial dele e sei que ele pode fazer mais né porque o artista reinventa-se tu não sabes se amanhã ele pode ascender e dar valor ao que tem então dou 5 estrelas à ele
— Mr. Dark

Quantas estrelas dão à Elisabeth Ventura e porquê?

0 estrelas
Porque eu não sei se ela é modelo ou rapper, nunca ouvi uma música dela só vejo mais fotos e é em dia.
— Mr. Dark

5 estrelas, porque a Elisabeth tem muito talento, ela aparece numa época em que o rap está a ficar mais duro e mais violento. Dou-lhe 5 estrelas pela força, pela batalha, vê-se mesmo que ela tem vontade de trabalhar, tem vontade de ir longe, gosto bwé da música “Te ignoro“, então 5 estrelas.
— Gabrielson GS

Eu dou cinco estrelas, porque numa época em que eu nunca tinha ouvido falar dela, a primeira vez que eu ouvi uma música dela foi ao vivo num numa festa aqui no Lubango organizada pelo 3XU. Já não me lembro muito bem qual foi a música mas gostei da música, mas não dou cinco estrelas só por isso, porque além de ela trabalhar, porque o trabalho dela é notório, porque de lá para cá ela aumentou muito o nível dela de audiência e além de ela trabalhar de verdade, de ter talento musical, ela também trabalha na imagem dela. Ela está com um leque completo, boa música, trabalha bem, e trabalha na imagem, por isso 5 estrelas para Elisabeth Ventura.
— Landi Maluth

Quantas estrelas dão aos Twenty20 e porquê?

Eu dou 5 estrelas aos Twenty20, porque são um grupo pesado e tem membros que fazem trap muito bem, e eu gosto bwé do Fatboy6.3, então dou 5 estrelas a Twenty, inclusive tem uma música da Trinitie que também é outro grupo de Luanda que também gosto bwé dos niggas que fazem trap. Não sou um wi que por não ser o meu grupo, por não conhecer ninguém, que por muita gente não estar a falar deles, vou deixar de ouvir só porque não estão na moda, não. Se eu encontrar e curtir, vou ouvir o teu som, e tem uma música da Trinitte que cantou o Fatboy, que eu ouço bwé mesmo.
— Gabrielson GS

Cinco estrelas porque o trabalho deles chegou até mim, um nigga do meu grupo reconheceu o work deles uma vez dessa, disse que eles cantam fixe eu dou-lhes 5 estrelas.
— Landi Maluth

Os 366 dizem que têm mexido bastante com o pessoal e os números falam por si, a baixo verá algumas músicas do gang que mais tocam:

1- Xula
2- Mundinho
3- Nossa Banda
4- Depressão
5- Let it go

O grupo tem vários projectos para o futuro, actualmente têm lançado singles individuais, mas brevemente teremos disponível um projecto com uma amplitude maior que o seu passado EP. Brevemente um projecto bem construído, com novas sonoridades e há possibilidades de que seja uma Mixtape.

Reportagem

Tivemos contacto com alguns dos nossos seguidores que acompanham a Atlanta, na qual comentaram a cerca do team.

O que achas da Atlanta 366?

Seguidor (1): Acompanho a Atlanta já há 1 ano e de certeza que os putos são bons e têm foco, a primeira vez que lhes vi pessoalmente foi no Lubango no Show do Prodígio e desde aí já vê-se que eles trabalham mesmo, porque não é para todos.

Seguidor (2): Não conheço a Atlanta pessoalmente, mas pelo que já ouvi deles são mesmo feras em beats, têm profissionalismo e até já vão em programas televisivos, props, espero que continuem e que nunca se esqueçam de onde vieram.

Seguidor (3): Conheci esse grupo desde que ganharam a categoria “Grupo Revelação” na sua cidade, meus primos dessa mesma cidade acompanham e são bué fãs, eu individualmente acompanho o DH, é o meu favorito.

Seguidor(4): Sou ex membro dos Banguers e conheço um ou dois membros, pelo trabalho deles e o foco, dou nota 3.

Seguidora (5): Eu conheço a Atlanta 366, mas nunca lhes ouvi, só conheço o Mendes AT, porque estudava no C. Evangélico, ele fez uma música para a namorada dele no aniversário dela, lhe avisem que as promessas que ele fazia na associação dos estudantes como PR, ainda estamos a espera.

Assim foi a nossa reportagem sobre a Atlanta 366, um dos grupos da actualidade.

Entretenimento

Quem é o mais mulherengo do grupo?

Definitivamente não sou eu, mas de certeza que são o Delcio DH e Gabrielson GS (Rindo)
— Landi Maluth

Quem mais atrasa quando se trata de gravações?

De certeza que são o Mr. Dark, Pegazus, Young TJ, Délcio DH, e Ladz, quando é para ir ao estúdio dia 20 temos de começar a pedir dia 20 do mês anterior. (Rindo)
— Landi Maluth

Calúnia, logo em primeiro lugar. (Rindo)
— Mr. Dark

Os Atlanta 366 não deixaram de salientar que já está disponível para stream a música solta do seu membro “Délcio DH” e teremos para ouvir brevemente o single do grupo mas apenas com 2 membros, teremos disponível também músicas soltas do Ladz e do Mr. Dark. O grupo está começando a trabalhar para mais frente puder lançar um outro single com todos os membros.

Um dos focos actuais é apostar mais na imagem de cada membro e na plataforma “YouTube”.
— Atlanta 366

Há possibilidade também de organizarem a 2ª Edição do Show Intimista “Atlanta 366 e Convidados” ainda para este ano.

Conselho da Atlanta 366 para você que está começando o mundo do Rap:

Nosso conselho é que nunca desistam, mantenham sempre o foco e que se superem a cada dia.
É bom saber identificar alguns sinais
E saber lidar com a rejeição. (Algo que ainda não dominamos bem) porque nem todas as músicas serão recebidas com o mesmo calor que vocês ficam no estúdio transpirando, mas “O foco é nunca desistir“.

Contacto para shows e projecto

921 904 015

Redes sociais
@ Atlanta_366

Esta foi a entrevista com o grupo Atlanta 366, muito obrigado por acompanhar, e não deixe de nos seguir nas redes sociais também “Rap New School Angola”. O melhor do hip-hop new Angolano. A entrevista foi encabeçada pelo CEO Kaiser Eduardo com o suporte do techman Balctor Mendonça

Se gostou da entrevista, partilha com os seus amigos deixe um comentário.

Partilhe nas suas redes socias!

Deixe uma resposta